Open top menu
Witzel não tem ética, diz Mourão após governador gravar conversa

Witzel não tem ética, diz Mourão após governador gravar conversa

Witzel não tem ética, diz Mourão após governador gravar conversa

O presidente em exercício Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira (27) que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), não tem “ética” e “moral”. A afirmação foi dada após Witzel divulgar uma conversa entre ele e Mourão, no Twitter.

“Em relação ao governador Wilson Witzel, ele diz que foi fuzileiro naval. Eu acredito que ele esqueceu a ética e a moral que caracterizam as Forças Armadas quando saiu do corpo de fuzileiros navais. Nada mais tenho a dizer a respeito”, disse na manhã de hoje.

A gravação da conversa entre os dois foi divulgada no Twitter de Witzel neste domingo (26). No vídeo, o governador do Rio pede a Mourão apoio para o envio de água potável para os afetados pela chuva no Rio de Janeiro.

Após deixar a vice-presidência, Mourão disse que conversou com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o assunto e afirmou que os dois concordam que Witzel deveria ter avisado que iria gravar a ligação. As informações são do Globo.

“O presidente só disse que é uma coisa que não é ética. É óbvio. Se você vai gravar alguém, você diz: ‘Olha, vou te gravar aqui, porque vou botar para o povo do Rio de Janeiro, para saber que eu estou atuando’. Ok, beleza, 100%”, comentou.

Antes de Mourão, Bolsonaro já havia criticado a atitude do governador do Rio de Janeiro. Em viagem oficial à Índia, o militar afirmou que “não é usual alguém fazer isso”. “Pelas imagens, ele está no seu carro e um assessor filma. E ele liga para o presidente em exercício. Acho que não é usual alguém fazer isso. Eu não gostaria que fizessem comigo qual seja o assunto. O que se trata por telefone tem que ser reservado”, disse.

O governo do estado afirmou, em nota, que a divulgação do vídeo nas redes sociais tinha como objetivo de apenas “tranquilizar os moradores de cidades do Noroeste do estado fortemente atingidas pelas chuvas”.(Congresso em Foco)

[fotografia] reprodução/ Twitter [/fotografo]

<