Open top menu
Veja desmente Wajngarten e mostra áudio onde ele diz que houve “incompetência” do ministério da Saúde

Veja desmente Wajngarten e mostra áudio onde ele diz que houve “incompetência” do ministério da Saúde

Veja desmente Wajngarten e mostra áudio onde ele diz que houve “incompetência” do ministério da Saúde

O ex-secretário disse na CPI que frase teria sido uma invenção para “vender a tiragem, trazer audiência, para chamar a atenção”
Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido), mentiu ao garantir à senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) que, na entrevista que concedeu a VEJA, nunca disse que houve incompetência do Ministério da Saúde no processo de aquisição de vacinas.
O ex-secretário foi ainda mais longe e disse que a manchete de capa da edição 2735 (“Houve Incompetência”) foi publicada apenas para “vender a tiragem, trazer audiência, para chamar a atenção”– em outras palavras, teria sido uma invenção.
A Veja acaba de soltar o áudio da entrevista que fez com Fábio Wajngarden, ex-secretário de Comunicação do governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido). Nele, o ex-secretário afirma com todas as letras: “Incompetência, incompetência”, repetiu, e, na sequência, ainda explicou por que. Ouça abaixo:

Mais cedo, o senador e relator da CPI do Genocídio, Renan Calheiros (MDB-AL), ameaçou de prisão Wajngarten, durante depoimento, nesta quarta-feira (12), se ele tiver mentido.
Renan sugeriu requisitar o áudio da revista Veja “para nós verificarmos se o secretário mentiu ou não mentiu. Se ele não mentiu, a revista Veja vai ter que pedir desculpas a ele. Se ele mentiu, ele terá desprestigiado e mentido ao Congresso Nacional, o que é um péssimo exemplo”, disse Renan. “Queria dizer que vou cobrar a revista Veja. Se ele não mentiu, que ela se retrate a ele. E se ele mentiu à revista Veja e a esta comissão, eu vou requerer à vossa excelência na forma da legislação processual a prisão do depoente”, afirmou.(Fórum)
Fabio Wajngarten na CPI do Genocídio (Reprodução)

<