Open top menu
Tentativa de atrair empresas estrangeiras prejudica as nacionais, diz associação de empresári

Tentativa de atrair empresas estrangeiras prejudica as nacionais, diz associação de empresári

Tentativa de atrair empresas estrangeiras prejudica as nacionais, diz associação de empresários

O governo do presidente brasileiro Jair Bolsonaro mudou regras de licitação facilitando a participação de empresas estrangeiras no país. A Sputnik Brasil ouviu um representante de uma associação patronal de engenheiros que protestou contra a medida.

Publicada no dia 11 de fevereiro no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa nº 10/2020 do Ministério da Economia entrará em vigor a partir de 11 de maio. O governo alega que a medida incentiva a competição, a diminuição de preços e também o aumento da qualidade de serviços licitados.

Segundo o Ministério da Economia, a medida é abrangente e “atingirá 99% dos processos de compras públicas do poder Executivo Federal”.

O texto, porém, incomodou alguns setores empresariais brasileiros, que alegam que essa situação privilegia as empresas internacionais e prejudica as empresas nacionais.

Entre as entidades que se manifestaram está a Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro (AEERJ). A Sputnik Brasil ouviu Luiz Fernando Santos Reis, presidente-executivo da AEERJ, que explicou as críticas à nova Instrução Normativa.(Sputnik Brasil)

© Folhapress / Pedro Ladeira/Folhapress

<