Open top menu
Ser ‘legal’ não é o suficiente, diz Papa no Panamá

Ser ‘legal’ não é o suficiente, diz Papa no Panamá

O Papa Francisco afirmou na Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, que uma Igreja mais significativa é o segredo para atrair uma nova geração de fiéis – e não basta apenas tentar ser mais “legal” ou “descolado”.

O Papa, de 82 anos, foi recebido por dezenas de milhares de jovens como uma estrela do rock quando chegou para o evento em um parque com palmeiras nas margens da Baía do Panamá.

Dezenas de jovens peregrinos ergueram uma gigantesca faixa amarela, azul e vermelha com a legenda “Ore pela Venezuela”.

Depois de chegar em seu papamóvel, dois jovens panamenhos acompanharam o Papa através de uma réplica das comportas do canal do Panamá.

“Queremos dizer a você para não ter medo”, disse o Papa, insistindo para que os jovens continuem com “energia renovada e inquietação”. O Sumo Pontífice disse que uma Igreja mais “legal” não é o suficiente para buscar renovação.

Francisco defendeu que a Igreja deve ter “frescor e a juventude constantes” e defendeu os imigrantes. Ele criticou os “temores e suspeitas” em relação aos imigrantes.

“Por suas ações e sua abordagem, sua maneira de ver as coisas”, ele disse aos jovens, “você desacredita e desarma o tipo de conversa que tem a intenção de semear divisão, de excluir ou rejeitar aqueles que não são ‘como nós’.”(Sputnik)