Open top menu
Reforma da Previdência tira até R$ 1,3 mil do salário, dizem policiais

Reforma da Previdência tira até R$ 1,3 mil do salário, dizem policiais

Reforma da Previdência tira até R$ 1,3 mil do salário, dizem policiais

Em uma carta aberta, a categoria pressiona Bolsonaro a ceder em pontos das mudanças no regime de aposentadoria. A possibilidade de greve não está totalmente descartada. Eles participarão de atos programados para 14 de junho

Com dificuldades para tramitar no Congresso, a reforma da Previdência deve enfrentar nas próximas semanas o recrudescimento do funcionalismo público. A Federação Nacional dos Policiais Federais colocou seus integrantes em alerta para atos contra as mudanças defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Como as negociações entre o governo e a categoria não deslancham, os policiais prometem uma série de atos contra o que eles definiram como “a pior aposentadoria policial do mundo”.

O ponto crucial é que, para os policiais federais, se a reforma for aprovada como está, diminui a remuneração líquida de todos, inclusive dos aposentados. De acordo com cálculos da corporação, as baixas variam de R$ 600 a R$ 1,3 mil no salário. O valor é referente ao aumento na alíquota de contribuição.(Metrópoles)

FOTO: TÁCIO LORRAN/METRÓPOLES

<