Open top menu
Presidente da Anvisa confirma que recebeu pedido para alterar bula da cloroquina

Presidente da Anvisa confirma que recebeu pedido para alterar bula da cloroquina

Presidente da Anvisa confirma que recebeu pedido para alterar bula da cloroquina

Em depoimento ao Senado, Barra Torres disse que o pedido veio por meio da médica Nise Yamaguchi, próxima do governo
O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, confirmou nesta terça-feira (11) que recebeu um pedido para mudar a bula da cloroquina, incluindo a recomendação de uso contra a covid-19.
A declaração foi feita durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado Federal, e confirmou versão apresentada pelo ex-ministro Luiz Henrique Mandetta no último dia 4.
Segundo Barra Torres, o pedido chegou por meio de Nise Yamaguchi, médica que se reuniu várias vezes com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi elogiada publicamente por ele. Na reunião, segundo o diretor da Anvisa, estavam presentes o general Braga Netto e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, além de outros médicos.
“Não sei quem teve essa ideia”, disse Barra Torres à CPI.”Esse pedido provocou até uma reação deselegante da minha parte. Só quem pode mudar a bula é o laboratório fabricante. Não tem nenhum cabimento”, completou
A cloroquina e a hidroxicloroquina são comprovadamente ineficazes contra o coronavírus. Há mais de um ano, a Anvisa alertou Bolsonaro que esses medicamentos não deveriam ser usados em pacientes de covid.(Brasil de Fato)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

<