Open top menu
PF prende ex-presidente do TJBA por suposta venda de sentenças

PF prende ex-presidente do TJBA por suposta venda de sentenças

PF prende ex-presidente do TJBA por suposta venda de sentenças

Os mandados foram cumpridos na cidade de Salvador. Maria do Socorro Barreto Santiago estaria tentando destruir provas contra ela

A desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, foi presa nesta sexta-feira (29/11/2019), como parte da Operação Joia da Coroa, um desdobramento da Operação Faroeste. Deflagrada em 19 de novembro, a investigação apura um esquema de vendas de sentenças relacionadas à grilagem de terras no oeste da Bahia.

A prisão foi autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), e trata-se da terceira fase da Operação Faroeste cujo objetivo é a desarticulação de possível esquema criminoso que também envolvia a venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores.

Ocorrida na cidade de Salvador, a prisão foi autorizada pelo ministro Og Fernandes.

De acordo com a Procuradoria Geral da República (PGR), a desembargadora, que está afastada do cargo há dez dias, estaria destruindo provas e descumprindo a ordem de não manter contato com funcionários.

Nesta fase, a PF investiga também a prática dos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico influência.

Policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão na cidade de Salvador/BA, bem como a determinação de prisão preventiva da Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.(Metrópoles)

REPRODUÇÃO/TJBA

<