Open top menu
Pais de alunos do CEF 410 cobram respostas por morte de professor

Pais de alunos do CEF 410 cobram respostas por morte de professor

Pais de alunos do CEF 410 cobram respostas por morte de professor

Retorno do ano letivo no colégio é marcado por luto e preocupação também por parte dos alunos do colégio

Por volta das 6h40 desta segunda-feira (10/02/2020), os alunos do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 410 Norte começaram a chegar ao colégio para o primeiro dia letivo de 2020. A volta às aulas é em clima de luto, seis dias após o professor e ex-diretor Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos, ter morrido por envenenamento.

Há também uma faixa preta em frente à porta do colégio com os dizeres “CEF 410 Norte em luto.” Ao todo, 678 escolas abrem as portas para receber 460 mil estudantes da rede pública de ensino nesta segunda.

Mãe de um estudante do 9° ano, a doméstica Maria dos Remédios, 46, foi deixar o filho no CEF 410 Norte nesta manhã e demonstrou preocupação. “Nós não sabemos o que aconteceu. É natural que os pais estejam amedrontados com tudo isso. Estou insegura em relação ao colégio, mas enquanto não houver respostas sobre a investigação, não vou me precipitar em tirar o meu menino da escola. Gosto daqui e já é o terceiro ano de matrícula dele. Não tinha tanto contato com o professor Odailton, mas vamos acompanhar o desfecho do caso”, disse a mãe.

Um estudante de 13 anos, que está no 8° ano, também comentou o clima de luto. “É triste voltar para as aulas com essa sensação de que algo muito ruim ocorreu. Eu me sinto envergonhado por ter sido no colégio que estudo há três anos. Mas nós gostamos de todos os professores aqui. Também achei legal a gente ter acompanhamento psicológico, para quem quiser e precisar”, ressaltou.(Metrópoles)

Foto: IGO ESTRELA/METRÓPOLES

<