Open top menu
MOURÃO DEBOCHA DOS LIVROS DE OLAVO DE CARVALHO

MOURÃO DEBOCHA DOS LIVROS DE OLAVO DE CARVALHO

O vice-presidente Hamilton Mourão abriu uma nova frente de combate em relação ao presidente Jair Bolsonaro, que está internado em situação delicada e, mesmo assim, não transferiu o cargo. Questionado sobre os livros de Olavo de Carvalho, que nomeou dois dos mais polêmicos ministros do governo, o chanceler Ernesto Araújo, que vê Donald Trump como enviado divino, e Ricardo Vélez Rodriguez, da educação, que disse que brasileiros agem como ladrões, Mourão abriu um riso de deboche.

A informação é do jornalista Guilherme Amado e foi publicada na revista Época. “Hamilton Mourão está com as leituras em dia. Leu From Colony to Superpower , do americano George Herring, e Estado Fraturado , de Denis Rosenfield, acadêmico com bom trânsito entre os generais do governo Bolsonaro e na direita em geral. Quando é perguntado se já leu Olavo de Carvalho, a resposta é um riso de deboche”, escreveu ele.