Open top menu
Ministério da Educação confirma adiamento do Enem 2020

Ministério da Educação confirma adiamento do Enem 2020

Ministério da Educação confirma adiamento do Enem 2020

Segundo o governo federal, o adiamento vai ser de 30 a 60 dias das datas previstas no editais

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) confirmaram, nesta quarta-feira (20/05), que vão adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Segundo o governo federal, o adiamento vai ser de 30 a 60 dias das datas previstas no editais.

O Inep anunciou, ainda, que fará uma enquete, durante o mês de junho, para definir as novas datas das provas, na versão digital e impressa.

Ainda de acordo com o órgão, as datas de inscrição da prova seguem abertas até 23h59 de sexta-feira (22/05).

Na última terça-feira (19/05), o Senado aprovou o adiamento do Enem para depois da conclusão do ano letivo. Nesta quarta-feira, foi a vez do ministro da Educação, Abraham Weintraub, ir às redes sociais sugerir que o exame fosse postergado em 30 a 60 dias.

Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Para tanto, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio.(Metrópoles)

Foto: ANDRE BORGES/ESP. METRÓPOLES

<