Open top menu
Maia diz que vai ser muito difícil tramitar PEC da Previdência sem envio de proposta para militares

Maia diz que vai ser muito difícil tramitar PEC da Previdência sem envio de proposta para militares

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira que já avisou o governo do presidente Jair Bolsonaro que será muito difícil a PEC da Previdência tramitar até que seja enviado o projeto de lei sobre a reforma previdenciária dos militares.

Em evento da Fundação Getulio Vargas (FGV) e do jornal Folha de S.Paulo, Maia ressaltou ter se comprometido com o Palácio do Planalto a não pautar a reforma dos militares antes da votação da PEC da Previdência.

O presidente da Câmara disse também que as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC), incluídas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, podem representar um risco à aprovação da medida no Congresso.

Para Maia, a questão da aposentadoria rural, também incluída na PEC, é “sensível” no Parlamento.(Reuters)