Open top menu
“Isso é fofoca”, diz Bolsonaro sobre acusação de Moro

“Isso é fofoca”, diz Bolsonaro sobre acusação de Moro

“Isso é fofoca”, diz Bolsonaro sobre acusação de Moro

Nesta segunda-feira (04), Bolsonaro mostrou a mensagem do print da tela do WhatsApp da conversa entre ele e Moro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caracterizou como “fofoca” as acusações realizadas pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, de que tenha tentado interferir politicamente na Polícia Federal.

Nesta segunda-feira (04), na saída do Palácio do Alvorada, Bolsonaro cumprimentou eleitores e, segurando uma folha de papel sulfite, mostrou a mensagem do print da tela do WhatsApp da conversa entre ele e Moro. Logo abaixo, Bolsonaro escreveu em vermelho, em letras altas a mesma frase: “Isso é fofoca”.

No print citado por Bolsonaro e revelado por Moro ao Jornal Nacional como prova para demonstrar interferência na corporação, o chefe do Executivo envia a Moro uma notícia do site O Antagonista que diz: “PF na cola de 10 a 12 deputados bolsonaristas”, e emenda: “Mais um motivo para a troca”, referindo-se ao ex-diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Em seguida, Moro diz que o inquérito é conduzido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes e não pela direção da Polícia Federal.

“Essa é a acusação mais grave contra a minha pessoa”, disse apontando para a folha de papel. “Aqui tem o print de uma matéria do ‘O Antagonista’. Embaixo está escrito, eu escrevi embaixo. “Mais um motivo para troca”. Estão me acusando por causa disso, dizendo que estou interferindo na PF. Não é isso? E estou dizendo que é fofoca embaixo, tá ok?”, ironizou.

No último dia 2, Moro prestou depoimento de 8 horas na sede da PF em Curitiba. O depoimento foi determinado pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, que autorizou a abertura do inquérito para apurar as acusações do ex-juiz.

Nele, o ex-ministro confirmou as acusações sobre crimes de interferência política na PF e apresentou novas provas.(CB)

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

<