Open top menu
Integrantes do conselho do MP querem que Dallagnol seja investigado

Integrantes do conselho do MP querem que Dallagnol seja investigado

Integrantes do conselho do MP querem que Dallagnol seja investigado

Os conselheiros entregaram documento ao órgão após vazamento de troca de mensagens entre Sergio Moro e o procurador

Conselho Nacional do Ministério Público recebeu uma representação do colegiado que pede a apuração da conduta de procuradores da República após conversas vazadas nesse domingo (09/06/2019). As mensagens divulgadas pelo site The Intercept mostram a interferência do ex-juiz Sergio Moro nas investigações da Operação Lava Jato.

O Intercept mostrou como o atual ministro da Justiça e o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, trocaram colaborações durante as investigações. A publicação traz uma série de mensagens privadas, gravações em áudio, vídeos, fotos e documentos judiciais.

Em conversas entre Moro e Dallagnol, o magistrado teria sugerido ao procurador que trocasse a ordem de fases da Lava Jato, cobrado agilidade em novas operações, dado conselhos estratégicos e pistas informais de investigação e sugeriu recursos ao Ministério Público.

O documento dos conselheiros entregue ao CNMP diz que “a reportagem traz relevante conteúdo de troca de mensagens entre autoridades submetidas à competência deste CNMP e uma autoridade judicial à época dos fatos”.

O colegiado afirma ainda não fazer “nenhum juízo de valor” e defende a apuração para determinar se houve falta funcional, “particularmente no tocante à violação dos princípios do juiz e do promotor natural, da equidistância das partes e da vedação de atuação político-partidária”.

Assinam o documento os conselheiros Luiz Fernando Bandeira de Mello, Gustavo Rocha, Erick Venâncio Lima do Nascimento e Leonardo Accioly da Silva.(Metrópoles)

DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES

Deixe seu comentário