Open top menu
IBIÁ PODERÁ TER NOVAS ELEIÇÕES

Avaliação da notícia

(2 Votos)

IBIÁ PODERÁ TER NOVAS ELEIÇÕES

Pela segunda vez consecutiva, o prefeito de Ibiá, Hélio Silveira (PP), segundo colocado nas eleições, com diferença de 1.500 votos, do vencedor Paulo José da Silva (PSDB), que foi impedido pela justiça de assumir o cargo, corre o risco de ter sua candidatura cassada. Ele foi flagrado com o então candidato a vereador, Adailson, inclusive já cassado, praticando a compra de votos conforme vídeo gravado por eleitor da cidade.

Hélio Silveira assumiu o cargo, pela segunda vez em maio, através de uma liminar concedida pelo Ministro Dias Tofoli que entendeu que o vídeo é prova ilícita para caracterizar condenação por compra de votos. Os demais ministros do TSE ainda não votaram no processo, o que deverá ocorrer a partir do próximo mês.

Tanto Hélio Silveira, como também o vice Giliano Ferreira e o vereador Adailson Gonçalves já foram cassados em primeira e segunda instância, pelo TER/MG.

Caso semelhante ocorreu também numa cidade do interior do Estado de São Paulo, Tabatinga, onde o assessor do candidato a prefeito foi flagrado comprando votos e a prova que resultou na cassação do prefeito foi também  a gravação de um vídeo.

 

Novo prefeito

Caso o TSE decida acatar a decisão do TER/MG o presidente da Câmara Municipal, Iraci Dimas de Souza Filho, que já assumiu interinamente a prefeitura, deverá ocupar o cargo até que novas eleições sejam marcadas. Enquanto isso, a população vive num clima de expectativa, aguardando que a situação seja resolvida para que a administração pública possa oferecer segurança e resolva os problemas enfrentados pelo município nesse período de instabilidade política.

 

Assista ao vídeo que comprova compra de votos:

 


 

<