Open top menu
Governo põe militar para comandar Secretaria de Atenção Especializada na Saúde

Governo põe militar para comandar Secretaria de Atenção Especializada na Saúde

Governo põe militar para comandar Secretaria de Atenção Especializada na Saúde

O governo federal nomeou o coronel do Exército Luiz Otávio Franco Duarte para comandar a Secretaria de Atenção Especializada em Saúde do Ministério da Saúde, cargo de segundo escalão que cuida da gestão da área de hospitais e urgência e emergência da Pasta.

Duarte já estava no ministério como assessor especial do ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, e atuou com o general durante o período de intervenção federal em Roraima, em 2018.

Essa é a primeira nomeação de um militar para cargos técnicos de segundo escalão do ministério desde a chegada de Pazuello —apontado inicialmente como secretário-executivo da pasta. Após o general assumir esse posto, mais de 20 militares já foram chamados para ocupar cargos vagos. Na sua maioria, cargos de terceiro e quarto escalão e de assessoria especial do ministro.

Desde a saída de Luiz Henrique Mandetta do ministério, dos sete cargos técnicos de segundo escalão, quatro estavam com substitutos. As exceções eram as secretarias de Saúde Indígena e de Saúde do Trabalho, coordenadas por indicados bolsonaristas, e a de Vigilância em Saúde onde, devido a epidemia de coronavírus, o secretário Wanderson de Oliveira permaneceu para fazer uma transição.

Wanderson pediu demissão na semana passada. Não há ainda um novo nome para o cargo.

Duarte, de acordo com seu currículo online, tem experiência como gestor de licitações e contratos, mas nenhuma na área de saúde. A secretaria que vai comandar cuida das diretrizes e da organização e gestão de hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) e do atendimento de urgência e emergência.

O secretário anterior, Francisco de Assis Figueiredo, foi exonerado há três semanas, estava no cargo desde a gestão de Ricardo Barros, durante o governo Michel Temer.(Reuters)

Foto: REUTERS/Bruno Kelly

<