Open top menu
Gleisi defende Glenn e denuncia tentativa de implantar Estado policial no Brasil

Gleisi defende Glenn e denuncia tentativa de implantar Estado policial no Brasil

Gleisi defende Glenn e denuncia tentativa de implantar Estado policial no Brasil

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, usou suas redes sociais para condenar a denúncia arbitrária do MPF contra o jornalista Glenn Greenwald, que não foi investigado e nem indiciado pela Polícia Federal.

“MP abusa do poder p/ se vingar de @ggreenwald, que denunciou crimes da Lava Jato e parcialidade de Moro contra Lula. Querem estado policial, com mais farsas, ilegalidades e arbitrariedades. PT solidário com Glenn, em defesa da liberdade de imprensa” diz ela.

Entenda:

Em denúncia assinada pelo procurador da República Wellington Divino de Oliveira, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta terça-feira (21) sete pessoas por suposta invasão de celulares de autoridades brasileiras. Um dos denunciados é o jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept, que vem publicando várias irregularidades da Operação Lava Jato. São apontadas na denúncia do MPF prática de organização criminosa, lavagem de dinheiro, bem como as interceptações telefônicas engendradas pelos investigados. O curioso é que Greenwald não foi investigado nem indiciado pela Polícia Federal.(247)

(Foto: Senado)

<