Open top menu
Garoto de 12 anos cria site para ajudar idosos a agendar vacinação da Covid

Garoto de 12 anos cria site para ajudar idosos a agendar vacinação da Covid

Garoto de 12 anos cria site para ajudar idosos a agendar vacinação da Covid

A pandemia tem mostrado como tem ser humano com empatia no mundo, neste caso, um pré-adolescente. Um garoto de apenas 12 anos criou um site super didático para ajudar os mais velhos a agendar a vacinação da covid.
A boa ideia para ajudar pessoas que geralmente têm dificuldade para mexer com a internet já conseguiu agendar dia e hora da vacina para mais de 3 mil idosos em Nova York, nos EUA.
Samuel Keusch decidiu fazer o site quando viu o pai marcando a vacinação para os avós. Ele notou que o processo poderia ser complicado para idosos que não são muito familiarizados com tecnologia.
Então, Samuel criou o Vaccine Helper. O serviço gratuito, baseado no site do Google, ajuda nova-iorquinos da terceira idade a agendarem a vacinação de forma intuitiva, bem prática.
Formulário prático
O site orienta o idoso desde a questão mais básica: descobrir se a pessoa está qualificada para receber a vacina naquele período.
Com perguntas simples, ele identifica em qual grupo o idoso se vacinará e, caso já esteja elegível para marcação, direciona a pessoa para um formulário próprio.
Com os dados do idoso, Samuel começa uma corrida para marcar a data da vacinação.
Ele entra em contato com pontos de vacinação de Nova Iorque e tenta agendar o máximo possível de idosos ali.
Depois, entra em contato para avisar sobre a confirmação e pronto, é só a pessoa ir até o local no dia e hora marcados.
Facilitador
O Vacine Helper tem funcionado e Sam está muito feliz. Em poucas semanas, ele já marcou a vacina para 3.003 pessoas.
Além dos idosos, o adolescente também marcou consultas para alguns professores e pessoas com problemas de saúde.
O garoto reforça que qualquer pessoa pode marcar a consulta através do site dele, mas pede para os jovens seguirem o protocolo normal, porque conseguem fazer isso sozinhos.
Dessa forma, Sam pode ajudar mais pessoas com algum tipo de limitação.
“Acontece que conseguir consultas nos maiores centros de vacinação de Nova York é fácil se você souber como fazê-lo, tiver paciência e velocidade”, finaliza o jovem, emocionado pelo impacto positivo que promoveu na vida de várias pessoas.(SNB)
Com informações da Revista PEGN
Sam já marcou mais de 3 mil consultas para vacinação da Covid. – Foto: arquivo pessoal

<