Open top menu
Diretor-geral da PF escolhe Tácio Muzzi para Superintendência do Rio

Diretor-geral da PF escolhe Tácio Muzzi para Superintendência do Rio

Diretor-geral da PF escolhe Tácio Muzzi para Superintendência do Rio

Esta é a segunda troca de Rolando de Souza na PF, escolhido pelo presidente Bolsonaro, desde que assumiu o cargo

O delegado Tácio Muzzi foi escolhido pelo diretor-geral da Polícia Federal (SP), Rolando de Souza, para comandar a superintendência da corporação no Rio de Janeiro.

Esta é a segunda troca que o novo diretor-geral da PF fez desde que assumiu o cargo, na última segunda-feira (04/05).

Rolando substituiu Maurício Valeixo, nome de confiança do ex-ministro da Justiça Sergio Moro demitido do cargo pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A exoneração, inclusive, o ex-juiz da Lava Jato a deixar o governo.

Tácio Muzzi está na PF desde 2003 e foi superintendente interino no estado durante cinco meses, no ano passado.

Entenda

A Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro é uma área importante para o atual presidente, que tenta desde o começo da gestão encabeçar um nome.

Insatisfeito, o então ministro da Justiça, Sergio Moro, saiu do governo há cerca de duas semanas por causa da pressão de Bolsonaro.

Segundo Moro, o presidente queria ter acesso a relatórios de inteligência da PF e do Supremo Tribunal Federal (STF), o que é proibido por lei.

Em depoimento nesse sábado (02/05), o ex-juiz federal relatou uma suposta pressão de Bolsonaro para interferir na PF e divulgou uma mensagem do presidente: “Você tem 27 superintendências, quero apenas uma: a do Rio”, teria dito o presidente.(Metrópoles)

Foto: TÂNIA RÊGO/AGÊNCIA BRASIL

<