Open top menu
Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro

Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro

Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro

Entre os aliados que são alvos da operação, estão ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos são alvos

A interpretação de integrantes da cúpula do governo, no Palácio do Planalto, é que a operação da Polícia Federal (PF) contra a milícia virtual que propaga fake news, autorizado por Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), se trata de um cerco contra Jair Bolsonaro. As informações são do blog de Gerson Camarotti, no portal G1.

A operação acontece no dia seguinte à determinação para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se explique em até cinco dias na investigação por causa da fala em reunião no Planalto em que disse que colocaria os “vagabundos na cadeia”, numa referência aos ministros do Supremo.

Segundo o jornalista, nas palavras de um interlocutor, a operação “significa um cerco” no entorno mais próximo do presidente.

Entre os aliados que são alvos da operação, estão ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos são alvos.(Fórum)

Paulo Guedes com Bolsonaro e ministros (Foto: Alan dos Santos)

<