Open top menu
CORRUPÇÃO NA PREFEITURA CRIA CLIMA DE INTRANQUILIDADE ENTRE OS FUNCIONÁRIOS

CORRUPÇÃO NA PREFEITURA CRIA CLIMA DE INTRANQUILIDADE ENTRE OS FUNCIONÁRIOS

Depois das afirmações dadas ao vivo pelo prefeito de Araxá, Jeová Moreira da Costa, em entrevista na Rádio Imbiara, um dia antes de acontecer as manifestações contra a corrupção, a impunidade e a redução das tarifas de transporte coletivo, onde o chefe do executivo afirmou “a corrupção está presente em todo o país, inclusive no meu governo”, até agora nenhum nome dos funcionários envolvidos no esquema de corrupção foi revelado. E muito menos que providências tomou ou vai tomar para punir os responsáveis.
Fato que tem causado estranheza e chamado a atenção, devido a gravidade da situação já que corrupção é crime e deve ser levado ao conhecimento da polícia para ser investigado.
No entanto, meses se passaram e até hoje não se sabe por que o caso foi abafado. O que vem causando desconforto e constrangimento nos funcionários que trabalham honestamente defendendo o seu ganha pão.

INJUSTIÇA

Sendo assim, se algum servidor por um motivo ou outro for demitido ou se demitir correrá o risco de ser chamado de corrupto, segundo informou um funcionário. De acordo com ele, se o prefeito não divulgar os nomes dos verdadeiros corruptos, todos passam a ser suspeitos de um crime que não cometeram, o que seria uma injustiça já que os inocentes não podem pagar pelo erro dos outros.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA

Se o governo municipal insiste em dizer que realiza uma administração transparente voltada para a construção de pessoas, cabe a ele dar uma satisfação a população sobre o que realmente vem ocorrendo na prefeitura. O que não podemos admitir é que ao invés de dar nomes aos bois, ele prefira o silêncio alimentando a impunidade e gerando um clima de dúvidas sobre os demais funcionários.

<