Open top menu
COORDENADOR DE DIVERSIDADE DO RIO É ALVO DE EMBOSCADA

COORDENADOR DE DIVERSIDADE DO RIO É ALVO DE EMBOSCADA

COORDENADOR DE DIVERSIDADE DO RIO É ALVO DE EMBOSCADA

O coordenador Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro, Nélio Georgini, foi perseguido e teve o carro alvejado por disparos de arma de fogo quando deixava um bar da Zona Norte da capital fluminense.

Segundo Georgini dois motoqueiros armados seguiram o seu carro – onde também estavam o marido e os pais do coordenador – logo após ele deixar o tradicional bar Adonis por volta das 14h30 deste domingo (1).

“Acredito que fomos seguidos do restaurante até o Bairro do Rocha, onde fui deixar meus pais em casa” relatou. “Eles estavam usando capacetes e apontaram às armas para o meu carro, fugimos pela Rua Ana Nery quando os motoqueiros emparelharam o carro e dispararam seis tiros”, disse Georgini.

Apesar dos criminosos terem disparado seis vezes contra o veículo, segundo Georgini, ninguém ficou ferido no atentado ao coordenador.

Com 247

<