Open top menu
Cientistas conseguem tratar pacientes com Parkinson avançado

Cientistas conseguem tratar pacientes com Parkinson avançado

Cientistas canadenses desenvolveram um novo tratamento para pacientes com doença de Parkinson em estágio avançado e com mobilidade reduzida com resultados positivos.

O estudo piloto de pesquisadores da Western University, em Ontário, usa implantes na coluna vertebral para melhorar a função motora. E teve êxito em vários pacientes.

Antes do estudo, eles mal conseguiam ficar de pé sozinhos sem cair, ou dependiam de cadeiras de rodas para a mobilidade.

Depois do implante na coluna vertebral, os pacientes agora conseguem andar sem assistência, pela primeira vez em anos.

Como

O implante usa estimulação elétrica para reconectar os sinais motores do cérebro com a medula espinhal.

Os pesquisadores conseguiram reforçar as vias neurais, mantendo os implantes ativados por 1 a 4 meses e mesmo depois que os implantes foram desligados, os pacientes continuaram a ter uma função motora melhor.

O professor Mandar Jog, da Western University, diz que testemunhar o sucesso do procedimento tem sido inspirador.

“A maioria dos nossos pacientes tem a doença há 15 anos e não andou por vários anos”, disse Jog.

Nova pesquisa

Os pesquisadores estão recrutando mais 25 pacientes para participar de um estudo clínico maior sobre o sucesso do implante.

O estudo deverá ser concluído até abril de 2020

Saiba mais: http://www.sonoticiaboa.com.br/2019/04/26/cientistas-conseguem-tratar-pacientes-parkinson-avancado/

Com informações do GNN

Foto: reprodução