Open top menu
CÂMARA APROVA CPIs PARA APURAR NOVAS DENÚNCIAS CONTRA PREFEITO E EX-SECRETÁRIA

Avaliação da notícia

(10 Votos)

CÂMARA APROVA CPIs PARA APURAR NOVAS DENÚNCIAS CONTRA PREFEITO E EX-SECRETÁRIA

Depois que divulgamos as denúncias contra o Prefeito de Campos Altos, Cláudio Freire, assessores e a ex Secretária Municipal de Saúde, Wanderléia Aparecida Freire, irmã do chefe do executivo, a presidente do legislativo, Ana Flávia Cândido Ferreira Santana, conseguiu dia 25/11/2013 a abertura de duas CPI’s contra o Prefeito. Segundo a presidente, uma delas irá investigar a folha de pagamento da Prefeitura no período de 2009 a 2013, uma vez que há fortes indícios de irregularidades no pagamento de servidores, principalmente para os apadrinhados do Prefeito. A título de informação, o Prefeito de Campos Altos já responde a uma ação criminal perante o Tribunal de Justiça de Minas Gerais por irregularidades cometidas via folha de pagamento dos servidores (cf. site www.tjmg.jus.br). A outra CPI irá investigar gastos irregulares na Secretaria de Saúde que foram feitos pela ex Secretária Municipal de Saúde, Sra. Wanderléia Aparecida Freire, a qual é irmã do Prefeito. Esses gastos da irmã do Prefeito enquanto Secretária de Saúde também estão sendo investigados pelo Ministério Público, a pedido da Presidente da Câmara Municipal.

VEREADOR DA SITUAÇÃO TAMBÉM ESTÁ SENDO INVESTIGADO

O vereador André Cardoso de Oliveira (André do Laboratório), que é presidente do partido do Prefeito (PSD), também está sendo investigado pela Câmara Municipal a pedido do suplente. Segundo esse suplente, há indícios de que o vereador André (o qual é funcionário contratado da Prefeitura) não se licenciou de suas funções no laboratório da Prefeitura durante o período eleitoral do ano passado. Esse caso também já chegou ao conhecimento do Ministério Público.

NOTA

A nossa produção tentou entrar em contato com o prefeito, mas foi informada que ele encontra-se viajando e não retornou as nossas ligações.

A CPI foi instaurada no mesmo dia em que publicamos a matéria 

<