Open top menu
Bolsonaro veta viagem de ministro para posse de Fernández na Argentina

Bolsonaro veta viagem de ministro para posse de Fernández na Argentina

Bolsonaro veta viagem de ministro para posse de Fernández na Argentina

O presidente Jair Bolsonaro vetou a viagem do ministro da Cidadania, Osmar Terra, que seria o enviado do país para a posse de Alberto Fernández na Argentina, na próxima terça-feira.

As infromações foram divulgadas pelo jornal argentino Clarín e confirmadas mais tarde pelo Globo.

Ainda em novembro, Bolsonaro disse que o Brasil não enviaria representante para a posse. Ele voltou atrás, no entanto, e prometeu que Osmar Terra representaria o país. Em uma segunda reviravolta, a situação ficou em suspenso.

Bolsonaro e Fernández se desentenderam ainda durante a campanha eleitoral na Argentina. O presidente brasileiro declarou apoio à reeleição de Mauricio Macri. Já Fernández, quando venceu o pleito, felicitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por seu aniversário e defendeu a sua libertação.
Nos últimos dias, o presidente eleito da Argentina, no entanto, se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em Buenos Aires, e enviou uma mensagem de “respeito” e “apreço” ao presidente brasileiro.

O gesto, pelo visto, não bastou.

Segundo o jornal Clarín, Bolsonaro teria ficado incomodado com a presença de dois deputados de esquerda na comitiva de Maia.(Sputnik Brasil)

© Sputnik / Ramil Sitdikov

<