Open top menu
Bolsonaro troca diretor da PRF que emitiu nota de pesar por policial que morreu por coronavírus

Bolsonaro troca diretor da PRF que emitiu nota de pesar por policial que morreu por coronavírus

Bolsonaro troca diretor da PRF que emitiu nota de pesar por policial que morreu por coronavírus

A cada dia, Jair Bolsonaro demonstra que é ele o Estado e que não aceita nenhum tipo de divergência dentro do governo. Adriano Furtado foi trocado no comando da PRF por Eduardo Aggio de Sá, que já atuou na secretaria-geral da Presidência

A cada dia, Jair Bolsonaro demonstra que é ele o Estado e que não aceita nenhum tipo de divergência dentro do governo. Nesta sexta-feira (22), o presidente promoveu uma troca no comando da Polícia Rodoviária Federal (PRF), exonerando Adriano Marcos Furtado do cargo de diretor-geral da corporação, que emitiu nota de pesar lamentando a morte de um policial por coronavírus no dia 21 de abril.

A divulgação da nota foi duramente criticada por Bolsonaro durante a reunião ministerial do dia 22 de abril, que está no centro do inquérito que apura as denúncias de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal feitas pelo ex-ministro Sérgio Moro em pronunciamento demissionário.

Furtado foi trocado no comando da PRF por Eduardo Aggio de Sá, que já atuou na secretaria-geral da Presidência.

A devassa na gestão Moro prossegue com a nomeação da delegada Tania Maria Ferreira para o Departamento Penitenciário Nacional, que assume o cargo no lugar de Fabiano Bordignon.(Fórum)

(Reprodução/Twitter)

<