Open top menu
Bolsonaro quer rever demarcações: “É muita terra para pouco índio”

Bolsonaro quer rever demarcações: “É muita terra para pouco índio”

Bolsonaro quer rever demarcações: “É muita terra para pouco índio”

Presidente disse que, por ele, não teria mais reserva indígena no país. Chefe do Executivo acredita que há irregularidades nas delimitações

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que não vai mais demarcar terras indígenas e pretende rever delimitações feitas em governos anteriores. O chefe do Executivo disse suspeitar de irregularidades na forma como foram feitas. Na avaliação de Bolsonaro, há “muita terra para pouco índio”.

“Estamos avançando, está agora em estudo. Tem alguns índios vendendo suas reservas para estrangeiros explorá-las. É muita coisa estranha que acontece. Dá para sentir? É muita terra para pouco índio e sem lobby. Qual interesse está por trás disso?”, questionou o presidente nesta sexta-feira (30/08/2019) ao deixar o Palácio da Alvorada.

Segundo Bolsonaro, há cerca de 400 pedidos de demarcações em andamento atualmente. (Metrópoles)

FOTO: ANDRE BORGES/ESPECIAL PARA O METRÓPOLES

<