Open top menu
Bolsonarista recebeu auxílio emergencial indevido e ainda tentou censurar reportagem

Bolsonarista recebeu auxílio emergencial indevido e ainda tentou censurar reportagem

Bolsonarista recebeu auxílio emergencial indevido e ainda tentou censurar reportagem

Ana Paula Brocco, que já foi para Paris e está de casamento marcado no Caribe, conseguiu liminar que impedia publicação de seu nome. A liminar foi cassada e seu nome está em todo o Brasil

A bolsonarista Ana Paula Brocco já viajou por vários países e está de casamento marcado no Caribe. Mesmo assim, ela conseguiu receber o auxílio emergencial de R$ 600,00 do governo. Ela foi descoberta pela reportagem da RBS TV, que trata da concessão irregular do abono emergencial, que foi veiculada pelo Fantástico, da Rede Globo.

Mesmo assim, ela conseguiu com o juiz Daniel da Silva, da comarca de Espumoso, no Norte do estado, no último dia 15, uma liminar que impedia “publicar”, “vincular” ou trazer à tona matérias que envolvessem o nome Ana Paula Brocco.

A liminar foi suspensa pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, na noite de sexta-feira (26), pois se tratava de censura prévia, o que é proibido pela Constituição Federal. A decisão é da desembargadora Maria Isabel de Azevedo Souza, da 19ª Câmara Cível do TJ-RS.

O programa Fantástico, da TV Globo, apresentou a reportagem neste domingo (28), revelando que 620 mil pessoas receberam o auxílio emergencial do governo sem ter direito, segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU). Ana Paula é uma delas.

Ainda de acordo com o TCU, os pagamentos ilegais podem gerar um prejuízo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, caso não sejam interrompidos.

Em nota, entidades e associações de imprensa repudiaram a censura prévia e disseram ainda que a decisão privilegia o interesse individual em detrimento do direito da coletividade. E que as matérias jornalísticas investigativas são serviço indispensável à população.(Fórum)

Com informações do G1

Foto: Redes Sociai

<