Open top menu
Alcolumbre vira “Batoré” por “esquecer” Bolsonaro em inauguração

Alcolumbre vira “Batoré” por “esquecer” Bolsonaro em inauguração

Alcolumbre vira “Batoré” por “esquecer” Bolsonaro em inauguração

Carlos Bolsonaro publicou imagem da placa em rede social e seguidores apelidaram presidente do Senado

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) demonstrou irritação, em rede social, após a placa de uma obra pública inaugurada no Amapá registrar apenas o nome do presidente do Senado Federal Davi Alcolumbre (DEM-AP) e deixar o do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de fora.

Seguidores bolsonaristas aproveitaram a oportunidade e chamaram Alcolumbre de Batoré, em referência a um humorista do programa A Praça É Nossa.

“Então o Batoré está se auto promovendo com as obras do governo federal?!”, questionou uma seguidora, identificada como Léia BRASIL!.

“Batoré sabota o governo Bolsonaro o quanto pode, na hora de inaugurar obra do governo federal em seu estado ‘apropria-se’ da virtude alheia”, criticou Antonsilv1, com uma bandeira do Brasil no perfil.

As obras do programa Luz Para Todos, no Amapá, foram executadas pela Eletronorte e se iniciaram entre 2018 e 2019.

Além do braço da Eletrobras, a celebração de termos de compromisso contou com o Ministério de Minas e Energia (MME), o Estado do Amapá e a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

Procurada, a assessoria de imprensa do Alcolumbre destacou que a Eletronorte foi a responsável pelo evento e que a não inclusão do nome de Bolsonaro deveria ser questionado à estatal.

“O presidente Davi foi convidado pois atuou na retomada do Luz Para Todos no Amapá, mas o mandato não participou de convites, organização e muito menos placa. O presidente foi apenas um convidado”, pontuou.

Questionada, a Eletronorte não se pronunciou até o fechamento desta reportagem.

Na última sexta-feira (17/01/2020), dia da inauguração, Alcolumbre lembrou que a retomada deste projeto foi fruto da união política entre o Governo do Amapá e a bancada federal.

“Essa era uma obra que estava parada, sem perspectiva de retornar, e essa união política que assumimos garantiu que a gente chegasse a esse momento de entregar o maior investimento em energia do estado”, destacou Alcolumbre.(Metrópoles)

Foto: WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO

<