Open top menu

Avaliação da notícia

(14 Votos)

AÇÕES ELEITORAIS CONTRA PREFEITO SERÃO JULGADAS PELO TRE NESTA QUINTA FEIRA

O Prefeito de Campos Altos, Cláudio Donizete Freire, que permanece no cargo por força de uma liminar, uma vez que o mandato dele foi cassado pela justiça eleitoral, em primeira instância, deverá responder agora a duas ações eleitorais que pedem novamente a cassação do mandato. Uma delas foi proposta pelo MInistério Público Eleitoral de Minas Geraes, que já foi inclusive julgada procedente em primeira instância. O julgamento está previsto para o próximo dia 28.

CPI

Em 2012, o prefeito foi alvo de uma CPI-Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada pela Câmara de Vereadores que após concluir as investigações, constatou diversas irregularidades na contratação de máquinas e equipamentos para o município.
O relatório final foi aprovado e encaminhado ao MP para providências.
Além disto, as prestações de contas do chefe do executivo e da coligação dele, referentes aos gastos com a campanha em 2012 foram rejeitadas em primeira e segunda instância.

ENVOLVIMENTO DE ASSESSORES

Segundo informações, vários assessores diretos, secretários da fazenda, o procurador geral do município e outros funcionários também respondem a processos na justiça por supostas irregularidades cometidas no exercício do cargo público que ocupam.

NEPOTISMO

A ex-secretária municipal de saúde e irmã do prefeito também responde a uma representação feita por quatro vereadores ao MP por suspeitas de gastos irregulares.

BENS BLOQUEADOS

Pesam ainda contra o prefeito, quatro ações por improbidade administrativa que levaram ao bloqueio de seus bens.

SANTA CASA INTERDITADA

Como se não bastasse os problemas com a justiça, a vigilância sanitária estadual interditou a Santa Casa de Misericórdia local por irregularidades e concedeu um prazo para que o pronto atendimento municipal possa se adequar às normas exigidas pelo Ministério da Saúde.
Enquanto isto, a população paga o preço causado pelo desmando e a falta de respeito ao cidadão. Infelizmente, esta é a realidade do país em que vivemos, onde a impunidade e a corrupção continuam se proliferando como se fosse uma verdadeira epidemia, e o que é pior o antídoto é lento e não é suficiente para atender a demanda.
Durma-se com um barulho deste! 

7 comentários

  1. Avatar
    26 novembro, 2013

    Na verdade a população paga o preço de sua própria incompetência. Eu até acho que o povo nem pode reclamar, tem somente um ano que o reelegeram, logo estão felizes! Sem chororô agora.

    Responder

    • Avatar
      26 novembro, 2013

      Vó neim retruca vai que é contagioso

      Responder

    • Avatar
      27 novembro, 2013

      Concordo com tudo que disse Zetinho a população tinha a opção de um novo representante mas votaram nele, então tinha que parar de reclamar e aceitar os fatos … Tomara que a Justiça tome uma providência cabível

      Responder

  2. Avatar
    26 novembro, 2013

    Realmente um ano de releição com suas falcatruas, improbidade atras de improbidade se continuar os 04 anos o povo tem que mudar para as cidades vizinhas, pois até mesmo que foi eleitor dele arrependeu…. Ninguém chora só lamenta… Um governo que contrata e paga conforme cara…

    Responder

  3. Avatar
    27 novembro, 2013

    O pior é que nunca tivemos um prefeito 100% igual ao senhor Cláudio Donizete, ele é 100% péssimo. Só é bom nas mentiras fabulosas que inventa e a população menos favorecida de educação básica, acredita que ele está sendo impedido de trabalhar. Mas até o momento não vi uma ação se quer que impedisse o senhor prefeito de realizar convênios ou até mesmo ficar em seu gabinete atendendo a população. Pois ele anda em um veiculo com vidros 100% escuro, para esconder da população, ele só aparece nas casas de seus comparsas para dar uma de vítima. Ele não é homem nem para aparecer em eventos manda substitutos. Que prefeito é esse que nem vestir sabe,andando como um coitado e agindo como um ladrão de primeiro escalão.

    Responder

  4. Avatar
    27 novembro, 2013

    Cada povo tem o governo que merece!

    Responder

  5. Avatar
    29 novembro, 2013

    TRE-MG juiz substituto Virgílio de Almeida Barreto – foto: Cláudia Ramos – ASCOM/TRE-MG
    TRE reverte cassação de prefeito de Campos Altos
    Na sessão desta quinta-feira (28), o TRE decidiu, por cinco votos a um, reverter a cassação do prefeito reeleito do município de Campos Altos (Alto Paranaíba), Cláudio Donizete Freire (PSD) e de seu vice Itamar Roberto da Silveira (PDT), que haviam sido cassados em primeira instância por conduta vedada a agente público. A decisão também afastou a sanção de inelegibilidade, mas manteve a multa aplicada.

    A ação de investigação judicial proposta pelo Ministério Público teve como alegação o fato de Cláudio Donizete Freire, então candidato à reeleição, ter autorizado pagamentos de publicidade institucional acima do teto permitido em lei.

    Segundo o relator do processo no TRE, juiz Virgílio Barreto (foto), apesar de ter sido caracterizada a conduta vedada, ela não se revestiu de gravidade suficiente a impor a sanção de cassação do diploma dos eleitos.

    Nas eleições de 2012 para o cargo de prefeito, Claudio Donizete teve 3.449 votos (44,33%) e o segundo colocado, Vicente de Paulo Mateus (PR), 3.268 votos (42,00%).

    Cláudio se manteve no cargo em razão de liminar concedida pelo TRE.

    Responder

<