Open top menu
Vírus Ébola – Conheça o que é esta ameaça

Vírus Ébola – Conheça o que é esta ameaça

O vírus Ébola pertence ao género Filovírus, família Filoviridae. O nome filovírus significa em latim filiforme, o que quer dizer que são compridos e finos. O outro vírus deste género é o vírus Marburgo. Ambos causam febre e hemorragias, daí serem considerados agentes de febres hemorrágicas. Apesar de ser comparado com as famílias Rhabdoviros e Paramyxovirus, a sua significância é diferente. Todas estas famílias partilham algumas semelhanças ao nível genómico, o que faz com que estas pertençam à superfamília Mononegavirales (Wagner et al., 2003). Partilham ainda a presença de envelope lipídico,embora não possuam a mesma forma.

A morfologia do vírus Ébola varia consoante a partícula viral de que se trata, ou seja, é pleomórfica, (Ferreira & Sousa, 2002), o que significa que pode surgir com diferentes formas. Normalmente tem a forma de “U” ou baciliforme, mas também pode apresentar-se de forma circular. As partículas virais podem ter mais do que 14.000nm de comprimento e 80nm de diâmetro. Este vírus possui uma nucleocapside helicoidal estriada, a qual apresenta ainda um canal axial.

O virião é revestido por uma lipoproteína derivada da célula hospedeira, esta membrana lipoproteica tem alongamentos em forma de espinhos, com 7nm de comprimento (Wagner et al., 2003). O vírus penetra nas células por ligação de uma glicoproteína, que existe na superfície deste, a receptores membranares da célula. Uma vez efectuada a ligação, o vírus penetra, com facilidade, na célula passando a controlar o processo de tradução, obtendo desse modo, as estruturas necessárias à sua proliferação.

Assista ao vídeo:

 

 

 

 

Deixe seu comentário