Open top menu
TUA AUSÊNCIA

Avaliação da notícia

(0 Votos)

TUA AUSÊNCIA

Meu corpo pede o teu na cama remexida
Entre os lençóis revoltos como em mar de amor
No quarto ainda o teu cheiro ao teu amar convida
Sobeja em meus sentidos ainda o teu sabor

 

Relembra a tua presença a cama assim desfeita
Tua pele em minha pele, a minha boca e a tua
Volúpias sussurradas, vontades satisfeitas
Tua voz, a tua risada – prazer que me extenua

 

Descrente e deslumbrado, o meu olhar procura
Entre os lençóis ruflados, tua imagem, tua ternura
E nessa busca alheia-se, na noite insone teima

 

Tua ausência fica em mim, depois que vais embora
E aguda no meu peito uma dor-saudade aflora
Do beijo que me deste, e dentro ainda me queima.

Lucas Carneiro Poetinha*
1º/mar/2014

* Lucas Carneiro, Poetinha, é escritor, poeta e cordelista. Pós-graduando em Linguística, é professor de Língua Portuguesa e de Língua Espanhola. Nascido em Boa Viagem, Ceará, escolheu como sua segunda casa a cidade de Araxá, hoje sua casa fora de casa. Apresenta acima um de seus sonetos, que estará no seu livro de SONETOS, a ser publicado em breve.

1 comentário

  1. Avatar
    26 Março, 2014

    AMEI, MUITO LINDO; PARABÉNS

    Responder

Deixe seu comentário