Open top menu
SOB ANÁLISE – RICARDO BORGES. O ANTIGOMOBILISMO

Avaliação da notícia

(1 Votos)

SOB ANÁLISE – RICARDO BORGES. O ANTIGOMOBILISMO

Aconteceu entre os dias 4 e 6 de outubro, o 15º Encontro de Automóveis Antigos de Franca – SP, ocasião em que estive no local para apreciar os belos exemplares do passado.

Apesar de ser proprietário de um opala 1973 versão luxo coupe, original (foto), não participei na condição de expositor. Fui à cidade do interior paulista apenas para prestigiar e verificar a organização, uma vez que ainda não havia assistido a um evento desta natureza fora da cidade de Araxá.

Antigomobilismo é o termo criado para indicar a restauração e conservação de veículos antigos. É um hobby que conta com aproximadamente 10 mil praticantes atualmente no Brasil, aumentando a cada ano, o número de pessoas apaixonadas pelos veículos que marcaram a história da indústria nacional e estrangeira, contribuindo para a manutenção de um acervo cultural.

Em Araxá, a cultura antigomobilista está em constante evolução. Percebo pelas ruas, a circulação de impecáveis dodge (dart, charger e magnum) miura, maverick, puma e até de uma chevy 1943 de propriedade do amigo Hilton Côrtes. Esses veículos, além de proporcionar um clima de charme e romantismo na cidade, oportuniza aos admiradores uma relembrança do passado.

E para comemorar o evento que reuniu proprietários, expositores e fãs dos carrinhos e carrões antigos, destaco algumas curiosidades sobre o gênero.

O AUTOMÓVEL MAIS ANTIGO DO PLANETA

Ele foi fabricado na França em 1884 e existe até hoje. Responde pelo pomposo nome de De Dion Bouton Et Trapardoux Dos-A-Dos Runabout e foi uma encomenda do Conde De Dion (daí seu nome) que o apelidou de “La Marquise”. Foi produzido dois anos antes do Patent Motorwagen Benz, considerado o primeiro veículo com motor a explosão.

O MAIS ANTIGO FUSCA EM CIRCULAÇÃO

Ele está na Alemanha. Onde mais? Mais precisamente na pequena cidade de Simmershausen. Pertence deste 1975 a um simpático senhor chamado Otto Weymann. O VW mais antigo em circulação foi fabricado exatamente em 20 de maio de 1942, em plena II Guerra Mundial, para uso do próprio Exército Nazista.

A MAIS ANTIGA CORRIDA DO MUNDO

Acontece anualmente na Inglaterra a mais antiga corrida de automóveis do mundo. Um evento incrível, quase inacreditável, não apenas pelo fato de ter tido sua edição de estreia em 1896 (ou seja: há mais de 110 anos), mas também porque só é permitida a participação de automóveis fabricados até 1905. Isso mesmo: 1905!

CARRO ANTIGO: O FILME

Veja o roteiro de um filme romântico, no qual o personagem Lindomar compra um carro antigo. Como acontece com todas as grandes produções hollywoodianas, o filme terá uma trilha sonora. Músicas marcantes serão tocadas para criar o clima adequado às principais cenas.

AS MONTADORAS E SUAS LOGOMARCAS

Os emblemas dos fabricantes de automóveis são mais do que simples símbolos de identificação das marcas. A maioria deles traz embutido diversos aspectos da história da marca, capazes de aguçar a curiosidade dos aficionados por carros.

MOVIDO A GÁS

Durante a Segunda Guerra Mundial, devido à escassez de combustível em todo o mundo, somente ônibus, táxis e veículos oficiais podiam usar gasolina. Com isso, o Brasil de Getúlio Vargas adotou o uso do gasogênio. Um sistema que utilizava carvão para gerar gás, que movia o veículo. Esse combustível tornou-se o sonho de consumo da classe média da época, ávida em poder tirar seus automóveis da garagem.

(opala versão luxo coupe1973)

Para acessar essas e outras curiosidades, visite o site: www.maxicar.com.br.

 

 

 

 

Sobre o autor: Ricardo Borges é advogado especialista em gestão pública.

1 comentário

  1. Avatar
    07 outubro, 2013

    Muito legal, sou um admirador.

    Responder

Deixe seu comentário