Open top menu
SOB ANÁLISE – RICARDO BORGES. CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE MAMA EM ARAXÁ, AVENIDA DA DISCÓRDIA E OUTROS ASSUNTOS

Avaliação da notícia

(2 Votos)

SOB ANÁLISE – RICARDO BORGES. CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE MAMA EM ARAXÁ, AVENIDA DA DISCÓRDIA E OUTROS ASSUNTOS

CÂNCER DE MAMA

O governo do estado Minas Gerais, em parceria com o SUS, está oferecendo consulta e exame de mamografia às mulheres, gratuitamente.
Em Araxá, o consultório ambulante está estacionado no pátio externo do estádio municipal “Fausto Alvim” e toda estrutura necessária foi montada no interior de uma moderna carreta. O atendimento começou hoje (21) pela manhã.
Conversando com uma das pessoas envolvidas no projeto, a mesma me relatou, com muita indignação, que foi solicitado à prefeitura tendas e banheiros químicos para uso das pessoas que vão trabalhar no evento.
A prefeitura por sua vez, disponibilizou um veículo Fiat Uno para que o pessoal da vigilância pudesse dormir durante a noite.
Só faltou a prefeitura informar se esse pessoal também poderá fazer as necessidades fisiológicas no interior do veículo.

FAROESTE CABOCLO

O filme inspirado na música de Renato Russo, de mesmo título, retrata a saga de João de Santo Cristo e de seu amor, Maria Lúcia, “aquela menina falsa pra quem jurei o meu amor”.

Assisti à obra cinematográfica semana passada e percebi que a ficção musical não fora fidedignamente retratada na tela do cinema. Quem está na casa dos quarenta, ou quase lá, sabe que esta canção se tornou um épico do rock brasileiro, ao narrar a estória do menino pobre, de infância conturbada, que ao desembarcar na capital federal, buscando dias melhores, se envolveu com o tráfico de drogas, viveu uma paixão e morreu num episódio ao estilo de um bang bang à italiana.

Os produtores do filme se justificam (making of) que a letra da canção, apesar de fantástica, não continha um roteiro acabado para o cinema. Por isso, precisaram destacar o romance de João e Maria Lúcia como ideia principal do filme.

Argumento técnico à parte, prefiro a música ao filme. As últimas horas do João de Santo Cristo (o filme não condiz com a música), naquele confronto com Jeremias – o traficante de renome – faz a gente viajar na estória, imaginar a cena e, ao mesmo tempo, voltar ao passado do menino que “só queria era falar pro presidente, pra ajudar toda essa gente que só faz sofrer!”

VESTIBULANDO NO SEMÁFORO

Desculpem-me os recém-aprovados em vestibulares, mas aquela mania de ficar pedindo moedinhas no semáforo, todos lambuzados de ovo e farinha, com tinta nos cabelos, está muito ultrapassada e já perdeu a graça.

Além disso, causa um tremendo incômodo aos motoristas e atrapalha o trânsito. Outro dia fui surpreendido com jovens na frente do veículo, mesmo após a abertura do sinal. Isso tudo sem falar no perigo que essa situação representa.

Deveriam inovar. Penso que se reunissem e organizassem uma campanha para arrecadar alimentos e roupas para destinar às instituições de caridade, o ato teria tanto sucesso quanto a própria aprovação no vestibular.

AVENIDA DA DISCÓRDIA

A pista de mão dupla que interligará as avenidas Washington Barcelos e Wilson Borges, ainda nem foi concluída e já está dando o que falar.

A imprensa e os internautas já divulgaram as irregularidades daquela avenida, o perigo por ter sido construída em declive/aclive acentuado, além de ter derramado muito barro após uma forte chuva ocorrida na cidade.

Fato curioso que me chamou atenção foi a colocação de uma cerca rústica, demarcando o terreno ao lado. Estava tudo certo não fosse a invasão da pista pela cerca.

Dizem que o proprietário do terreno é o dentista e ex-vereador Márcio de Paula.

Do jeito que está, a futura pista ficará intransitável até que as partes (prefeito e proprietário) cheguem a um acordo. Caso contrário, a avenida da discórdia será objeto de mais uma demanda judicial.

Vamos aguardar o desfecho.

Sobre o autor: Ricardo Borges é advogado especialista em gestão pública.

 

1 comentário

  1. Avatar
    22 outubro, 2013

    VESTIBULANDO NO SEMÁFORO – na maioria para pegar dinheiro e encher a cara de bebida alcoólica, muitos já vão para o semáforo bêbados… perdem a noção e nos faz imaginar que futuros profissionais teremos…

    Responder

Deixe seu comentário