Open top menu
Prefeitura de Araxá reinicia obra sem licença ambiental

Avaliação da notícia

(1 Votos)

Prefeitura de Araxá reinicia obra sem licença ambiental

O que era para ser um parque ecológico, conforme o próprio prefeito Jeová anunciou, ao retornar da sua penúltima viagem ao exterior, a área ao lado do Parque do Cristo, onde existia uma mata de preservação permanente, habitat de vários animais silvestres, foi  destruída pela administração pública sem autorização do Codema, órgão responsável pela autorização ou não de qualquer desmatamento no perímetro urbano.

A obra foi paralisada, após várias denúncias feitas através de nossas reportagens, e retomada recentemente sem parecer do órgão competente, que tem como conselheiros vários representantes da comunidade civil, entre eles, três funcionários do alto escalão da Prefeitura, um deles o Secretário de Obras, João Bosco Borges, atual presidente do Codema.

À exemplo de outros crimes ambientais que ocorrem na cidade, este está sob a guarda do próprio governo, ou seja, um Secretário Municipal, nomeado para o cargo de presidente de um órgão ambiental, que deveria atuar na defesa do meio ambiente. Diante dos fatos, questiono:  Por que o órgão permite que tais fatos ocorram e qual o papel dos demais conselheiros?

 

DSCF2166

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.