Open top menu
Operação conjunta envolve mais de 3 mil militares no Rio

Operação conjunta envolve mais de 3 mil militares no Rio

A Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá está interditada nos dois sentidos, desde as primeiras horas da manhã de hoje (27), devido a uma operação do Comando Conjunto das forças de segurança no Complexo do Lins de Vasconcelos. Ao todo, 3,4 mil militares das Forças Armadas, 150 policiais militares e 350 policiais civis participam da ação no Complexo do Lins. As equipes contam com o apoio de veículos blindados e aeronaves, além de equipamentos pesados de engenharia para a remoção de barricadas instaladas por traficantes em ruas da comunidade.
A região é cercada por várias comunidades, entre elas, o Lins, morro do Encontro, Árvore Seca, Cotia, Arcos, Barro Vermelho, Barro Preto, Vila Cabuçú, Dona Francisca e Cachoeirinha. Esta última dá acesso também pela Grajaú-Jacarepaguá e por isso, a via foi interditada para que as forças de segurança do estado pudessem ocupar a estrada, com caminhões e carros.

De acordo com o Centro de Operações Rio, as melhores opções para quem se desloca de casa para o centro vindo do Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e Jacarepaguá são utilizar a Linha Amarela, que está com retenções em direção à Ilha do Fundão e o outro trajeto é feito pelo Alto da Boa Vista, onde o tráfego de veículos flui normalmente.

O trânsito também está congestionado nas principais vias de Jacarepaguá, principalmente nas regiões da Freguesia, do Pechincha e da Gardênia Azul. O Centro de Operações informa ainda que a Avenida Geremário Dantas, sentido Freguesia está com retenção, desdeo o bairro do Pechincha até a Rua Olímpia do Couto. O mesmo acontece na Estrada dos Três Rios até a Rua Araguaia. Quem sai da Barra da Tijuca enfrenta retenções na Ayrton Senna, sentido Linha Amarela, com reflexos na Estrada do Gabinal, na Cidade de Deus.

Fonte: Agência Brasil

Deixe seu comentário