Open top menu
MENTIROSO E DESENXABIDO!

Avaliação da notícia

(2 Votos)

MENTIROSO E DESENXABIDO!

Sim. Assim é esse argumento de que não vai haver a copa do mundo de futebol no Brasil. Vai, vai haver a copa sim. E o povo vai estar em peso enchendo os estádios, e torcendo e bebendo e consumindo e gritando e pulando e saltando e se regozijando sobremaneira a cada jogo disputado pela seleção brasileira de futebol. Antes mesmo de chegarem os dias dos jogos, todos os ingressos estarão esgotados, e milhares ou mais deles nas mãos dos cambistas sendo vendidos a preços ainda mais exorbitantes dos que os praticados pela CBF, a exigências da FIFA, e não sobrará nem sequer um, porque os torcedores, nem sempre os estrangeiros, os comprarão das mãos dos seus exploradores, porque o povo gosta mesmo é de ser explorado. Poderão até os torcedores ofertarem espetáculos maravilhosos como o proporcionado na Arena Castelão, em Fortaleza, durante o primeiro jogo da seleção brasileira de futebol na copa das confederações, quando a torcida cantou o hino nacional inteirinho, mesmo a banda tendo parado de o “executar” – que eu chamaria de execrar, já que, em apresentações oficiais, toca-o apenas pela metade –, ato depois sequenciado pelos brasileiros país afora, ou adentro. Podem até virar-se de costas em alguns estádios enquanto o timeco não fizer nenhum gol, ou no momento em que estiver apresentando um espetáculo ruim no futebol. Mas todos estarão lá, em peso, enchendo os estádios, ou ante seus aparelhos de tv de última geração comprados especialmente para esse fim, ou à frente dos telões espalhados a contento em lugares especializados em promover o consumo, e torcendo e bebendo e consumindo e gritando e pulando e saltando e se regozijando sobremaneira a cada jogo disputado pela seleção brasileira de futebol. E sabe por que eu sei disso? Porque o povo é hipócrita! Porque o que o povo ama mesmo é festa! Porque o que o povo ama mesmo é uma boa sequência de feriados! Porque o povo diz que ganha pouco, que não tem dinheiro para comprar livros para seus filhos, mas os shoppings estão sempre cheios dando o povo vazão ao seu consumismo insone! Porque o povo gosta mesmo é de um bom carnaval, pra sambar, pra beber, pra se drogar e prostituir-se dias e dias seguidos, de sexta a quarta de madrugada, antes de se arrependerem na sagrada quarta-feira de cinzas! O povo quer mais é que a quaresma acabe logo, pra beber mais na semana santa, e se esbaldar na necessidade que tem de se espojar no lodo, na lama! Porque o povo não está é “nem aí” para se o hospital está ou não em condições de recebê-lo caso ele sofra um acidente nas estradas, indo ou voltando de uma viagem festiva. Porque o povo não quer nem saber se a escola do seu filho, ou de sua filha, sobrinho, parente, seja lá de quem for, estará em pé, na volta do feriadão. E porque o povo não quer nem saber se tem saúde, ou lazer, ou mesmo vida de qualidade. O povo quer é dançar são joão na roça, ou que seja mesmo na capital! O povo quer é reeleger tasso jereissati para o senado, e eunício governador do ceará, e reeleger dilma pra presidência da república federativa do brasil. Tudo com letra minúscula mesmo, que nenhum vale mais do que isso. E eu sei disso também porque o povo não tem autoestima, não tem respeito próprio nem pelo outro, pelos próprios direitos nem pelos direitos do outro. O povo quer é festa, custe o que custar. Nunca se desacostumará com a política do mais fácil para si. Do jeitinho brasileiro; do jeito: custe o que custar, e se custar menos, ou quase nada, ou nada mesmo, melhor ainda. Porque o povo é cheio de marra, mas é muito mesmo é mentiroso! Porque o povo é mesmo é hipócrita!

* Lucas Carneiro, Poetinha, é escritor, poeta e cordelista. Pós-graduando em Linguística, é professor de Língua Portuguesa e de Língua Espanhola. Nascido em 1964, 15 dias após o golpe atribuído aos militares contra o povo brasileiro, viveu todo o período da ditadura. Inconformado com a situação atual do país, registra seu descontentamento em seus poemas, crônicas, cordéis e artigos, como o ora publicado aqui.

 

Deixe seu comentário